RSS
Tecnologia do Blogger.

Imagens que valem mil palavras





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Imagens que valem mil palavras










  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Anúncios criativos em prol do ambiente










  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Dia Mundial do Livro

O Dia Internacional do Livro teve a sua origem na Catalunha, uma região semi-autônoma de Espanha.
A data começou a ser celebrada a 7 de Outubro de 1926, em comemoração ao nascimento de Miguel de Cervantes, escritor espanhol. O escritor e editor valenciano, estabelecido em Barcelona, Vincent Clavel Andrés, propôs este dia para a Câmara Oficial do Livro de Barcelona.
Em 6 de Fevereiro
de 1926, o governo espanhol, presidido por Miguel Primo de Rivera, aceitou a data e o rei Alfonso XIII assinou o decreto real que instituiu a Festa do Livro Espanhol.
No ano de 1930,
a data comemorativa foi trasladada para 23 de Abril, dia do falecimento de Cervantes.
Mais tarde, em 1996
, a UNESCO instituiu o 23 de Abril como o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, em virtude de a 23 de abril se assinalar o falecimento de outros escritores, como Josep Pla, escritor catalão, e William Shakespeare, dramaturgo inglês.
No caso do escritor inglês, tal data não é precisa, pois que em Inglaterra, naquele tempo, ainda utilizava o calendário juliano
, pelo que havia uma diferença de 10 dias para o calendário gregoriano usado em Espanha. Assim Shakespeare faleceu efectivamente 10 dias depois de Cervantes.

Fonte

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Refeições felizes: Repensar a Indústria Global da Carne

Como ontem foi o Dia da Terra, o Jornal Metro dedicou grande parte do seu espaço a dicas verdes, que todos nós deveríamos seguir.
Uma das notícias publicadas ontem foi sobre "Refeições felizes: Repensar a Indústria Global da Carne", de Danielle Nierenberg.
Curiosa como sou, fui procurar na net mais informação sobre este assunto. Bem, não foi fácil. Porque em português não há nada sobre Nierenberg, quanto mais sobre este livro. Mas em inglês sim. E como hoje deu-me um pouco de preguiça, não me apeteceu fazer a tradução, por isso aqui vai em inglês:
Danielle Nierenberg is a Senior Researcher at the Worldwatch Institute and co-Project Director of State of World 2011: Nourishing the Planet. Her knowledge of sustainable agriculture issues, in particular factory farming and its global spread, has been cited widely in the New York Times Magazine, the International Herald Tribune, the Washington Post, and other media. Danielle worked for two years as a Peace Corps volunteer in the Dominican Republic and currently volunteers at farmers' markets, the Earth Sangha (an urban reforestation organization), and 1Well (an NGO focused on sustainable development projects around the world). She holds an M.S. in agriculture, food, and environment from Tufts University and a B.A. in environmental policy from Monmouth College.

Danielle appeared in the 2008 documentary "Meat the Truth"

discussing the impact of livestock production on climate change, and her work has been televised on Voice of America and local television and radio stations around the world. She has presented to international audiences including members of the Mexican National Congress, the American Public Health Association, the British Society for Animal Sciences, and the American Association for the Advancement of Science, as well as university students, policymakers, farmers, chefs, and consumers.


In Happier Meals: Rethinking the Global Meat Industry, Worldwatch researcher Danielle Nierenberg documents the harmful effects of factory farming in both industrialized and developing countries and explains the range of consequences for the environment, human health and communities. From transmission of disease and loss of livestock diversity to hazardous and unsanitary processing methods, this book shows clearly why factory farming is an unsafe, inhumane, and ecologically disruptive form of meat production.


On the brighter side, Happier Meals tells you how you can make a difference by supporting local, organic, or pasture-raised animal products; embracing alternative production methods; or including a few vegetarian meals a week to help ensure that meat is made better for people, the environment, and the animals themselves.

Essencialmente, o que Danieel propõem não é que nos tornemos todos vegetarianos, se bem que devamos optar por algumas refeições vegetarianas na nossa dieta, mas sim promover a produção local, orgânica, amiga do ambiente e dos animais.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Dia da Terra

O Dia da Terra foi criado pelo senador Gaylord Nelson, no dia 22 de Abril de 1970.

Tem por finalidade criar uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais para proteger a Terra.
A primeira manifestação teve lugar no dia 22 de Abril de 1970, onde participaram duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades. A pressão social teve seus sucessos e o governo dos Estados Unidos criou a Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente.

Em 1972 celebrou-se a primeira conferência internacional sobre o meio ambiente: a Conferência de Estocolmo, cujo objetivo foi sensibilizar aos líderes mundiais sobre a magnitude dos problemas ambientais e que se instituíssem as políticas necessárias para erradicar-los.

O Dia da Terra é uma festa que pertence ao povo e não está regulada por somente uma entidade ou organismo, tão pouco está relacionado com reivindicações políticas, nacionais, religiosas ou ideológicas.
O Dia da Terra refere-se à tomada de consciência dos recursos na naturais da Terra e seu manejo, à educação ambiental e à participação como cidadãos ambientalmente conscientes e responsáveis.
No Dia da Terra todos estamos convidados a participar em actividades que promovam a saúde do nosso planeta, tanto a nível global como regional e local.

"A Terra é nossa casa e a casa de todos os seres vivos. A Terra está viva. Somos parte de um universo em evolução. Somos membros de uma comunidade de vida independente com uma magnífica diversidade de formas de vida e culturas. Sentimo-nos humildes ante a beleza da Terra e compartilhamos uma reverência pela vida e as fontes do nosso ser..."

O Dia da Terra converteu-se num importante acontecimento educativo e informativo. Os grupos ecologistas utilizam-no como ocasião para avaliar os problemas do meio ambiente do planeta: a contaminação do ar, água e solos, a destruição de ecossistemas, centenas de milhares de plantas e espécies animais dizimadas, e o esgotamento de recursos não renováveis. Utiliza-se este dia também para insistir em soluções que permitam eliminar os efeitos negativos das actividades humanas. Estas soluções incluem a reciclagem de materiais manufacturados, preservação de recursos naturais como o petróleo e a energia, a proibição de utilizar produtos químicos perigosos, o fim da destruição de habitats fundamentais como as florestas tropicais e a protecção de espécies ameaçadas. Por esta razão é o Dia da Terra.
No entanto, este dia não é reconhecido pela ONU.
Fonte

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Amizade












  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

No meu tempo não era nada disto!



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

A claque mais organizada do mundo

Logo, não são portugueses...

video

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Estacionamento à... loira... hehehe!

video

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

A hora do banho











  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Por uma causa

Gatinhas com cerca de 3 semanas para adopção.

Contacto para dopção:
Berta Brazão
Espinho
934 101 818
918 530 942




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Por uma causa

Bebé fêmea de porte médio para adopção

Contacto para adopção:
Berta Brazão
Espinho
934 101 818
918 530 942





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments