RSS
Tecnologia do Blogger.

The genius Charlie Chaplin (Smile original)

“Machine men, with machine minds and machine hearts! You are not machines, you are not cattle, you are men! You have the love of humanity in your hearts. You don’t hate: only the unloved hate, the unloved and the unnatural. Soldiers, don’t fight for slavery, fight for liberty! You the people have the power, the power to create machines, the power to create happiness! You the people have the power to make this life free and beautiful, to make this life a wonderful adventure! Then, in the name of democracy, let us use that power. Let us all unite! Let us fight for a new world, a decent world . . .”


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

John Lewis Christmas Advert 2016 - #BusterTheBoxer

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Qué difícil es hablar el español / Para mi profesora de Español

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Enamoramento

Estou enamorada pelo Martim, e de acordo com Freud, isso deve-se:
"nós amamos a nós mesmos como forma de resgatar a primeira experiência que tivemos na vida: a de sermos plenamente, integralmente, completamente amados pelas pessoas que estão ao nosso redor. Ora, não é isso o que acontece com a maioria dos bebês quando nascem? ... o bebê torna-se uma verdadeira majestade no ambiente familiar. Para ele são dirigidas todas as atenções, todas as expectativas, todos os projetos. É essa experiência inicial de ser o centro do mundo que Freud chamou de “narcisismo primário”. Quando esse momento se encerra, é como se ficássemos como um “gostinho de quero mais” e passássemos a vida inteira tentando de alguma forma reproduzi-lo. Para alcançar isso, Freud diz que nós forjamos uma imagem idealizada de nós mesmos (eu ideal) que caso fosse de fato encarnada nos proporcionaria a mesma experiência de ser o centro do mundo que tivemos quando bebês."

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Martim

A última vez que por aqui passei foi no dia 1 de julho. No dia 4 nasceu o meu filho querido - Martim.

Desde então que o tempo não tem sido suficiente, daí andar desaparecida por aqui.

Estou maravilhada com esta fase! Nunca pensei sentir-me assim. Ainda hoje, quando olho para o Martim penso: É mesmo meu? Estarei a sonhar?

Não, não estou a sonhar. É sangue do meu sangue. Carne da minha carne e ninguém nunca poderá mudar .

Amo-te muito meu filho!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Uma ideia interessante

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

O que se houve cá em casa...


Para nos irmos habituando (papás e Martim).

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

O meu novo blog

Como se eu tivesse tempo para manter tantos blogs assim...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Somewhere Over the Rainbow - Israel Kamakawiwo'Ole

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

17 dias...


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments